Schermata 05-2456422 alle 10.57.32

PPPs – parceria publico privada, pra nós falta um P de PARTICIPATIVA

 

 

Schermata 05-2456422 alle 10.09.10

Continuamos (PER)seguindo o Estado e seu projeto de PPPS para o centro de São Paulo, ou seja “Parceria público-privada do governo do estado de São Paulo que, com o apoio da prefeitura, pretende promover a revitalização do centro de São Paulo por meio da construção de 20 mil unidades habitacionais”.

Ontem nos auto-convidamos a uma oficina “fechada” na Universidade Particular Mackenzie, onde estavam apresentando o projeto com Power Point da URBEN, ONG sem fins lucrativos do Filantropo milionário Philip Young e da Casa Paulista  com o Power point do Reinaldo Iapequino, subsecretario do órgão.

Um projeto que em aparência é cheio de boas intenções, onde foram gastos 10 milhões de reais e onde trabalharam 78 pessoas por três meses e presenta conceitos como a mescla de utilização dos espaços (publico, comercial, baixa e media renda), a desverticalização  das construções, a eliminação dos muros de cinta (tipo medieval como eles definem), juntar trabalho à moradia, novos espaços públicos… Aonde está  a falha? Luiz Kohara, do CentroGaspar Garcia dos direitos Humanos levantou algumas questões como dar o poder ao privado (o ultimo P da Parceria) de desapropriar os espaços onde será implantada a operação, assim como a escolha e seleção de quem irá morar. Em nenhum momento se diz quantas pessoas já moram nessas áreas sendo essas na maioria ZEIS (Zonas Especiais de Interesse Social) e onde irão realocar essas pessoas… vai virar uma PPP de despejos? E os conselhos gestores das ZEIS? e a precedência de construção para as moradias HIS?  Muitas outras colocações foram levantadas por parte dos “céticos” (palavra do Philip) mas nenhuma respondida com competência ou real preocupação. Foi distribuída a carta aberta assinada por diversas entidades (que podem encontrar aqui), na esperança de ampliar o debate.

Continuaremos nos infiltrando onde não somos convidados para dar nossas opiniões sobre a remodelagem do centro, porque queremos que seja inclusiva e com Participação Popular, afinal, moradia, antes de ser arquitetura é antropologia.

Schermata 05-2456422 alle 10.09.35   observem este croqui…. em que país fica esta   paisagem? arvores avermelhadas, outono em São Paulo?

 

links para os power point

URBEN

CASA PAULISTA